Beatriz Bagulho - New Talent

Beatriz Bagulho

Beatriz Bagulho

24 anos

Almada

Ilustradora

Beatriz Bagulho é ilustradora, animadora e realizadora de animação. Comunica através do desenho, transformando conceitos em universos visuais, com especial foco nas criações para um público infanto-juvenil. No seu percurso colaborou com o CCB, Município de Oeiras, Teatro Nacional São Carlos, Teatro Meridional, Zonzo Compagnie ou a Companhia Nacional de Bailado. Autora de ilustrações e design em edições da Livros Horizonte e outras, também cria animações para músicos, dá aulas de desenho, trabalha enquanto animadora freelancer e sonha com as suas próximas criações cinematográficas. Estudou Animação na University of the West of England, e as suas curtas-metragens de estudante "Corporealitis" e "(In)Dividual" foram premiadas em festivais nacionais e internacionais.

O que faria com 10 mil euros?

Tenho imensos projetos que vou desenvolvendo sempre que possível. Durante o confinamento surgiram muitas ideias que espero poder concretizar. Sinto, acima de tudo, uma grande vontade em criar conteúdos para a infância que possam provocar nos espectadores um pensamento informado, profundo e inspirado. Acredito vivamente que os filmes, livros, espetáculos com que nos relacionamos desde pequenos têm um papel fundamental em quem somos. Esta importância ainda se tornou mais clara durante a pandemia, quando tantas criações artísticas nos fizeram companhia e preencheram os nossos dias. Um dos projetos que escrevi este ano, durante o confinamento e numa residência artística no Espaço do Tempo em Montemor-O-Novo, é uma curta-metragem de animação na qual a viagem de uma pequena criança se interliga com a indústria têxtil global, dando a conhecer os grandes problemas socioambientais causados por esta indústria de consumo rápido. Utilizando desperdício têxtil de fábricas portuguesas para criar as paisagens do filme, a história será animada através de uma mistura entre desenho a tinta, desenho digital e tecidos. Gostava de me poder dedicar inteiramente a esta ideia, recorrendo à expressão artística que melhor conheço – o cinema de animação – para dar a conhecer à próxima geração algumas preocupações, valores e esperanças para o futuro e finalmente, daqui por uns anos, inaugurar um estúdio de animação/ilustração inteiramente dedicado à Arte e Educação.

Os meus trabalhos

Ciclo Festa de Desaniversário  do Centro Cultural de Belém

Ciclo Festa de Desaniversário do Centro Cultural de Belém

Curta metragem, 2021

A Menina do Mar

A Menina do Mar

Ilustração, 2019

(In)Dividual

(In)Dividual

Curta metragem, 2019